1 de nov de 2010

No Momento

O peito aperta, as dúvidas surgem,
A saudade aparece as lágrimas escorrem.
Procuro a razão,
mas sofro com uma dor no coração
só em pensar que os belos sonhos podem vir ao chão.
Por que a vida está assim?
No exato momento parece que essa minha dor não vai ter fim.
Não sei se quero que o tempo volte, passe rápido ou pare onde está.
Não sei quem é amigo ou não;
Não sei quem é familia ou não;
Nem reconheço mais as pessoas que a pouco tempo estavam no meu coração.
Confusa, confusa, confusa.
É assim que eu posso dizer que estou neste momento.
Confusa, sem chão, tentando compreender os motivos que afligem meu coração.
                                                                                                              Isabel Andrade