17 de jul de 2010

A inocência

A inocência


Uma menininha, diariamente,
vai e volta andando para a sua escola.

Apesar do mau tempo daquela manhã
e de nuvens estarem se formando,
ela fez seu caminho diário para a escola.

Com o passar do tempo,
os ventos aumentaram
e junto os raios e trovões.

A mãe pensou que sua filhinha
poderia ter muito medo no caminho
de volta pois ela mesma estava
assustada com os raios e trovões.

Preocupada, a mãe rapidamente
entrou em seu carro e dirigiu
pelo caminho em direção à escola.

Logo ela avistou sua filhinha andando,
mas, a cada relâmpago, a criança parava,
olhava para cima e sorria.

Outro e outro trovão e, após cada um,
ela parava, olhava para cima e Sorria!

Finalmente, a menininha entrou no carro
e a mãe curiosa foi logo perguntando:

-"O que você estava fazendo?"

A garotinha respondeu:

-"Sorrindo! Deus não pára de tirar fotos minhas!!"

6 comentários:

Anônimo disse...

confiança é tudo irmão.
ass. Dora

Fábio Flora disse...

Muito fofo mesmo o poeminha! Só conserte uma coisinha no início do post: "pra eu postar hoje" no lugar de "pra mim postar hoje". Abraços e sucesso com o blog!

Bєьєl·Liмa disse...

Fábio Flora ocê tá certo é que nois tamos curtindo o crima do interior nessas férias ai ocorre esses decuidos sor.rsrs...

bones disse...

Crianças .....

muito inspiradora a estorinha. Somos nos que complicamos tudo, se parassemos para ver o lado bom das situações ao inves de pensar sempre no pior seriamos muito mais felizes. Mas somos humanos.... é dificil lutar contra milenios de involução....
gostei do blog.abraços

Fernando disse...

Que lindo!
Instigante.

Abs,
seuanonimo.blogspot.com

Faella disse...

adorei o poema, nunca iria imaginar que ela daria uma resposta dessas...

Postar um comentário

Comente (!♥!)